A acupuntura pode desempenhar um papel benéfico no cenário pós-Covid. Como os pacientes estão se recuperando, os problemas que sofrem em conseqüência da infecção são múltiplos.
Os problemas mais comuns que persistem entre as pessoas mesmo após duas semanas de testes negativos são:

1. Tosse persistente com dor de garganta
2. Fadiga extrema
3. Doença pulmonar pós-Covid.
4. Ansiedade, depressão, insônia
5. Problemas cognitivos semelhantes a lesão cerebral traumática moderada
6. Problemas digestivos como inchaço, intestino irritável, náuseas e vômitos e dor abdominal

A tosse persistente é muito comum. Esses pacientes se queixam de tosse seca, irritação na garganta e secreção. A acupuntura produz uma eficácia de 90 por cento sem efeitos colaterais.
Os pacientes desenvolvem fadiga considerável após a infecção por Covid, devido à depleção de sua energia, chamado de Qi na Medicina Tradicional Chinesa, devido à diminuição da atividade do eixo hipotálamo-hipófise. A técnica é administrada em pontos de acupuntura selecionados uma a duas vezes por semana, somando cerca de 6 sessões, os pacientes mostraram melhora em seus níveis de fadiga.

A doença pulmonar pós-Covid pode ser combatida de forma eficaz com acupuntura. O princípio é promover, regular e estimular a função de autorregulação do corpo. A maioria desses pacientes apresenta sintomas semelhantes aos de quem tem Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), devido ao dano ao parênquima pulmonar causado pela pneumonia.
Ansiedade, depressão e insônia são muito comuns em pacientes pós-Covid e podem ser combatidos com eficácia estimulando pontos de acupuntura específicos que liberam melatonina e o hormônio da felicidade – a serotonina.

Muitos pacientes que se recuperaram da Covid reclamam de um impacto cognitivo persistente ou de problemas de memória e incapacidade de manter o foco. Isso é causado devido à resposta do corpo à infecção, o que faz com que o sangue se torne extremamente viscoso. Isso é particularmente observado em pacientes que estavam na UTI. Os primeiros estudos mostraram que a acupuntura em pontos específicos melhoram a capacidade cognitiva.

Os sintomas digestivos pós-Covid incluem náuseas e vômitos persistentes, perda de apetite, distensão abdominal, dor abdominal e intestino irritável. A principal causa desses sintomas é o impacto no baço, estômago e fígado. A acupuntura promove o peristaltismo gástrico em pacientes com motilidade gástrica de baixa intensidade e suprime o peristaltismo naqueles com motilidade inicial aguda.
A integração da medicina oriental e ocidental é provavelmente a melhor solução para a recuperação.

Com o lançamento das vacinas, ainda é importante para nós continuar a reduzir a propagação de doenças usando máscaras, lavando regularmente as mãos e mantendo distância social, até que seja seguro para todos. Se você é alguém que está sofrendo de sintomas pós-Covid, converse com o Dr Diego Bertuol, um acupunturista experiente que pode ajudar.

Dr Diego Bertuol
Fisioterapeuta Pós graduado em Acupuntura
Único aprovado pela Federação Mundial de Acupuntura (WFAS) em Curitiba
www.acupunturacuritiba.com.br
Telefone: 3528-5698;            Whatsapp: 41991479243