3274-0104 - 3402-3721 - VIVO 9188-9889 - TIM 9602-2284 contato@jornalfolhadobatel.com.br

CONHEÇA ALGUMAS INDICAÇÕES DE WAGNER GABARDO, SOMMELIER E ESPECIALISTA NA ÁREA

Tomar vinho é sempre muito bom. A não ser que a gente exagere um pouco e no dia seguinte tenha aquela temida dor de cabeça, nada se compara às ocasiões especiais em que a bebida é normalmente a selecionada para compor o cenário. Um jantar com alguém especial ou mesmo uma comemoração pela novidade que recebeu em seu trabalho fica muito mais especial com uma taça da bebida de Baco!

Pensando nisso, conversamos com alguém que entenda do assunto para trazer algumas curiosidades a respeito da bebida: Wagner Gabardo, sommelier com experiência internacional. Além disso, reunimos um serviço completo com as indicações dele para degustar a bebida que tanta gente venera. Vamos conhecê-lo?

Folha do Batel: Conte um pouco sobre sua carreira e experiência como Sommelier.

Wagner Gabardo: Sou sommelier com formação superior pelo Cave, Argentina, e especialista em Enologia e Viticultura pela UTP, Brasil. Minha experiência em gastronomia passa por restaurantes, importadoras e empresa de cruzeiro na América Latina, Europa e EUA. Além disso, sou sócio-proprietário da empresa Alta Gama, que oferece cursos e experiências enogastronômicas, e professor há mais de dez anos, ditando cursos em cidades do sul e sudeste do Brasil, como Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Balneário Camboriú e Florianópolis. Exerço também a função de sommelier da Vinícola Araucária, organizo viagens a destinos de Enoturismo e escrevo artigos para revistas no Brasil e Portugal.

F.B.: Que características você poderia apontar para a identificação de um bom vinho?

W.G: Um bom vinho é aquele que mais te agrada, independente do preço ou procedência. Diferentes vinhos são pensados para diferentes momentos. Há opções para as noites de frio, tardes de calor, durante a refeição ou para beber de forma relaxada com amigos. Na hora de comprar, o consumidor deve buscar lojas ou mercados que acondicionem bem as garrafas, com temperatura fresca e estável, e estar aberto às sugestões dos vendedores e sommeliers quando não tem ideia clara do que comprar.

F.B.: O cenário econômico nacional afetou a área de que maneira? Uma matéria recente da Exame diz que brasileiros estão consumindo mais vinho. Esse comportamento você atribuiria a quê?

W.G.: Afeta o custo dos vinhos. Os importados encarecem pela desvalorização do real ante o dólar/euro e os nacionais pela alta tributação. Quanto ao aumento do consumo, ele é modesto se comparado ao potencial de crescimento. O brasileiro precisa inserir mais o vinho no seu cotidiano. E os meios de comunicação têm um papel importante na difusão desse costume. Se os personagens da novela tomam vinho ou o documentário do canal a cabo fala sobre os benefícios de um taça de tinto por dia, isso incentiva o consumo. Mas o preço não deveria desestimular.

F.B: E Curitiba? Alguma característica com relação ao setor a ser ressaltada?
Curitiba tem uma boa oferta de lojas especializadas em bebidas e restaurantes que oferecem vinho. Talvez falte um pouco de conceito nas cartas de vinhos. Vejo os profissionais da coquetelaria, do café e da cerveja criando mais que os sommeliers em Curitiba. Por exemplo, lugares para se tomar um vinho bom por taça na cidade dá pra contar nos dedos. E os bares mais populares que oferecem vinhos nas suas cartas acabam muitas vezes recaindo na mesma meia dúzia de rótulos de supermercado, talvez por desconhecer outras opções ou por medo de arriscar com produtos diferentes.

F.B: Por fim, quais 5 locais você indicaria para quem procura um bom vinho?

W.G: Para se comprar vinhos, algumas lojas interessantes: Empório 4 Estações, no Bigorrilho, Box 41, no Mercado Municipal, Adega Franco, no Água Verde, e Luigi Pietro, no Juvevê
Para se tomar vinho por taça, o Wine Bar da Vino, na Mercadoteca, e o Cosi Wine Bar, próximo à praça da Espanha. Já mercados sugiro o Angeloni ou Festval.

SERVIÇO: LUGARES PARA SE TOMAR VINHO EM CURITIBA

Onde: Empório 4 estações
Endereço: Alameda Julia da Costa, 2964, Bigorrilho
Horário de funcionamento: segunda à sexta, das 10h30 às 20h; sábados, das 10h30 às 19h30
Telefone: (41) 3121-3010

Onde: Box 41
Endereço: Avenida Sete de Setembro, 1865 (Mercado Municipal)
Horário de funcionamento: segundas-feiras, das 7h às 14h; terça a sábado, das 7h às 18h; domingos, das 7h às 14h
Telefone: (41) 3363-3764

Onde: Adega Franco
Endereços:
Loja Água Verde: Avenida Getúlio Vargas, 2908 | (41) 3342-5666
Loja Hugo Lange: Avenida Augusto Stresser, 1320 | (41) 3362-2265]
Horário de funcionamento: segunda à sexta, das 9h às 19h30; sábados, das 9h às 13h

Onde: Luigi Pietro
Endereço: Rua Augusto Stresser, 420, loja 14
Horário de funcionamento: segunda à sexta, das 10h às 20h30; sábados, das 9h às 18h
Telefone: (41) 3030-6565

Onde: Vino
Endereço: R. Paulo Gorski, 1309, Mossunguê (Mercadoteca)
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 9h às 21h; domingos, das 10h30 às 18h
Telefone: (41) 3205-3901

Onde: Cosi Wine Bar
Endereço: Rua Saldanho Marinho, 1560
Horário de funcionamento: terças às quintas, das 15h às 22h; sextas e sábados, das 15h à 0h; domingos, do meio-dia às 19h
Telefone: (41) 3024-8215