3274-0104 - 3402-3721 - VIVO 9188-9889 - TIM 9602-2284 contato@jornalfolhadobatel.com.br

Frequentemente me perguntam o que uso para higienizar meus pincéis. Graças à preocupação com o tema, várias marcas formularam um higienizador que pode ser utilizado entre cada maquiagem. Eu, particularmente, gosto muito do efeito que o álcool isopropílico proporciona, além de ser fácil de encontrar em farmácias. Meus pincéis estão sempre limpos, sem cheiro e sem perigo de transmissão de bactérias.

Para realizar a limpeza diária, usa-se uma toalha limpa, descartável ou não – tenha em mente que, se usar uma toalha de casa, ela vai manchar e dificilmente essas manchas sairão – e borrife na ponta do pincel ou na própria toalha o líquido de higienização de sua preferência. Limpe o pincel na toalhade um lado para o outro, evitando movimentos circulares, pois este tipo de movimento pode facilitar a queda das cerdas. Repita o procedimento até o pincel não soltar mais sujeira na toalha.

Apesar desses higienizadores serem muito práticos e limparem bem os pincéis, lavá-los com água e xampu neutro é necessário. Dependendo da frequência com que os pincéis são utilizados, podem ser lavados de 1 a 5 vezes por mês. Para secá-los, deite-os horizontalmente em um pano ou toalha limpa e espere que sequem naturalmente. Se preferir, pode acomodá-los de forma a deixar seu cabo levemente levantado, para que a água que entrou pelas cerdas não danifique a cola que as segura no lugar.

Além de prevenir acúmulo de sujeira e bactérias, a diferença no acabamento que os pincéis proporcionam na pele é visível. As cerdas limpas deixam a pele polida, enquanto as cerdas sujas deixam pequenos veios sem maquiagem. Manter os pincéis limpos traz muitos benefícios!

Para conhecer mais sobre meu trabalho, acesse:
http://brunadaniel.com