Sorriso em harmonia

Gravata: Tratamentos como implante resgatam a funcionalidade e a beleza dos dentes, e associados aos tratamentos da estética revitalizam e dão nova harmonia para a face

Durante todas as fases da vida deve-se fazer o possível para manter a dentição saudável, bonita e funcional. Esse é o desejo da maioria das pessoas, mas nem sempre é possível conservar todos os dentes naturais devido às perdas naturais ou acidentais.

Muitos de nossos hábitos podem danificar nossa saúde bucal e se tornar um obstáculo para comer, falar e sorrir. Quem busca resgatar a saúde da boca, encontra na odontologia moderna profissionais especializados para devolver a funcionalidade e a estética dos dentes.

Com mais de 32 anos de atuação na odontologia, o cirurgião dentista Eduardo Gurkewicz, um dos pioneiros na especialidade de implantodontia da capital paranaense, diz que a recomendação da classe odontológica é recuperar o dente natural do paciente e somente realizar próteses e implantes quando este já não é mais funcional. “Buscamos todas as alternativas para recuperar ou manter a dentição natural dos pacientes. A odontologia avançou bastante, as técnicas disponíveis hoje nos ajudam a resgatar dentes que estavam comprometidos, mas a implantodontia acaba sendo uma alternativa recomendada para inúmeros casos”, assegura o Dr Eduardo Gurkewicz, especialista em prótese, periodontia e que foi professor na especialidade de implantes.

Depois de um minucioso trabalho, que envolve estudo, análise da condição bucal do paciente e planejamento, incluindo a estética, correção e aumento de dentes, reposicionamento e oclusão, o implante é colocado de maneira segura e harmônica. Ele será uma nova dentição e irá acompanhar a pessoa no dia a dia, necessitando de manutenções permanentes. Entretanto é importante que o candidato ao implante sempre leve em conta as recomendações do cirurgião dentista especialista.

Muito mais do que autoestima
Vergonha de sorrir, impossibilidade de consumir certos alimentos, dificuldades na deglutição costumam ficar para trás quando os implantes são colocados. O procedimento resgata não somente a autoestima do paciente, mas, principalmente, a função mastigatória. “Por meio do implante é possível ajustar a oclusão, que estava comprometida em virtude da ausência de um ou mais dentes; a pessoa resgata o prazer em voltar a comer e recupera a sua autoestima, pois, muitas vezes, ela deixa de levar uma vida social por causa da aparência do sorriso”, relata o Dr. Eduardo, diretor-proprietário da Clínica Odontowicz.

Trabalhar com a relação entre expectativa e realidade é o principal desafio do profissional. A odontologia brasileira é avançada. “Muitas vezes os pacientes chegam ao consultório com fotos antigas de familiares ou de artistas, dizendo que querem um sorriso igual a este ou aquele. É nesse momento que se inicia uma fase delicada desse processo, pois cabe ao profissional explicar que cada pessoa é única e existe uma harmonia no rosto de cada um que deve ser respeitada para que o resultado seja o mais natural possível”, ressalta Gurkewicz.

Saúde a serviço da estética

“No planejamento para a colocação do implante, a estética e a funcionalidade trabalham lado a lado. Inclui clareamento dental, colocação de facetas de porcelana ou lentes de contato e, quando necessário, próteses ou implantes. Como o tratamento estético busca deixar os dentes com o aspecto mais natural possível, adaptamos o novo dente à aparência dos dentes que já foram esteticamente tratados”, explica a Dra. Lilian Yumi Kinno Paino, especialista em Dentística Restauradora e Endodontia. Ela faz parte da equipe do Dr Eduardo na Clínica Odontowicz.

A profissional destaca que entre os tratamentos mais procurados estão o clareamento dental, a troca de restaurações e o recontorno cosmético (quando existe a necessidade de mudar o formato do dente). Ela ressalta que nem todo tratamento necessita de ortodontia, pois pequenas imperfeições, como desvios singelos e o fechamento de diastemas (espaços entre os dentes), podem ser resolvidos com o tratamento odontológico estético correto.

Tratamento eficaz – Sorrir muda a sua vida e a dos outros
Quando procurou tratamento, em outubro de 2017, a advogada Marlene de Fátima Kais, de 48 anos, quis melhorar o sorriso. “Sempre tive para mim que os dentes são como o nosso cartão de visitas. Na minha profissão, em contato constante com o público, acho fundamental ter boa aparência”, declara.

“Comecei pelo clareamento dental. Em seguida, para me livrar de vez da ‘ponte fixa’, implantei quatro dentes. Estou ficando muito satisfeita com o resultado e a forma como isso está mudando a minha vida! Posso dizer que o melhor investimento é aquele que fazemos em nós mesmos”, afirma, feliz da vida.

O servidor público aposentado Edson Luiz Guedes, 59 anos, viu na colocação dos implantes o resgate da mastigação perfeita e teve como resultado muito além do ajuste oclusal. “Há dois anos iniciei meu tratamento, e aqui estou, concluindo a colocação de 12 implantes. Todo o meu tratamento está sendo realizado em fases, pois foi necessária a reconstituição óssea. Como fui fumante por muitos anos, e ainda sou diabético, minha saúde bucal estava comprometida”, declara.

Guedes buscava principalmente recuperar a função mastigatória, mas o que ele não esperava é que o implante dentário o faria dar adeus a um inimigo de longa data, o ronco. “Nem a minha esposa acreditou que o fato de colocar implantes corrigindo as falhas de dentes pudesse interferir até mesmo na qualidade do meu sono. Hoje em dia, meu ronco é mínimo, quase nulo. Durmo melhor, respiro melhor, consigo receber visitas em casa e ir dormir em casa de parentes sem que meu ronco atrapalhe”, brinca.

Como a colocação dos implantes deu novo ânimo ao servidor público, ele optou por dar maior amplitude ao tratamento, realizando o realinhamento dos dentes inferiores, com lentes de contato e facetas de porcelana. “Dá para ver no meu sorriso que hoje eu estou mais feliz comigo mesmo. Nunca é tarde para recuperar nossa saúde e nossa autoestima, pelo menos. Aqui em casa, não tem mais briga por causa de ronco e eu ando sorrindo à toa”, comemora.

“Os tratamentos, mesmo que estéticos, devem focar primeiramente na parte funcional dos dentes. Com isso, os demais benefícios de se ter uma oclusão quase perfeita virão como consequência natural do processo” afirma o Dr. Eduardo Gurkewicz.

http://www.odontowicz.com.br/